Mercado de trabalho: há algo errado no mundo de Matrix.

Um desperdício de cérebros

Desprezar o valor do passado pode hipotecar a tecnologia do futuro

O trajeto com o Uber, entre a Lapa e o Centro de SP, pode lhe ensinar duras lições de vida e fazer questionar, por que o mercado de trabalho discrimina profissionais competentes, experientes e preparados, por causa da idade.

O motorista era um homem elegante, educado, voz firme, com movimentos delicados e uma conversa muito consistente. Falamos até sobre blockchain. Ele teve um revés patrimonial e hoje trabalha de 12 a 14 horas por dia, com o Uber, para ganhar pouco mais de três mil reais por mês. No currículo daquele jovem de 61 anos, uma gestão de fábrica, duas diretorias, uma superintendência, uma pós-graduação na Califórnia e quatro idiomas fluentes. Há 7 anos tenta voltar para o mercado e o que escuta é: “não teria mais energia para o mundo corporativo, passou da idade”.

Se aquele homem tem energia para trabalhar até 14 horas por dia no trânsito de São Paulo, com todo aquele conhecimento, pode assumir inúmeras funções corporativas, em qualquer lugar.

Quando eu tinha 35 anos, achava que estaria acabado para o mundo corporativo após 50. Hoje, com 56, vejo-me trabalhando até os 86, no mínimo, antes de me aposentar.

Era próximo ao horário do almoço. Pedi para aquele motorista que me aguardasse um pouco, para retornarmos e o convidei para almoçar. Tivemos uma excelente conversa e ele me deu grandes lições e a inspiração, talvez, para meu próximo livro.

Há algo errado no mundo de Matrix

Pensem no desperdício de cérebros corporativos, por discriminação, ou talvez, receio dos mais jovens, de não acompanharem o conhecimento dos anciãos em alguma reunião ou mesmo, em uma conversa informal.

É preciso rever muitos conceitos. O país possui 13 milhões de desempregados (oficiais, pelo CAGED) e mais 14 milhões de subempregados, segundo vários economistas de plantão. A relação: Mercado de Trabalho x Perspectiva = Futuro da Sociedade, terá de ser recalculada.

Orlando Merluzzi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s