Regras básicas de “etiqueta”​ no mundo corporativo, que farão muito bem para a sua carreira.

O tema não é novo. Contudo, de tempos em tempos, faz-se necessário um recall das boas maneiras e comportamentos mais adequados no ambiente corporativo, esteja você no virtual (working from home) ou no escritório. Alguns profissionais demoram um pouco para compreender a cultura da empresa, embora as boas práticas comportamentais sejam universais, assim como o bom …

Colaboradores não podem ser tratados como crianças no jardim da infância

Os grandes executivos, gestores e líderes no mundo corporativo, foram criados sob situações adversas e imprevistas, para as quais tiveram que agir sem proteção nem protetores. Senhores do RH, parem de tratar os colaboradores como crianças em jardim da infância, pois eles não saberão resolver um problema da organização, no futuro, quando tiverem que agir …

O fracasso da “reengenharia” e o triunfo da “gestão”. Uma história real e atemporal do mundo corporativo.

Não se pode falar em governança e gestão, sem mencionar essa passagem da história corporativa recente no Brasil. A década de oitenta é considerada referência à estagnação econômica vivida pela América Latina. O vírus da época era a “hiperinflação” e no Brasil parecia que nada dava certo. Planos econômicos mirabolantes nos tiravam do inferno e …

Não deixe que erros de Português atrapalhem a sua carreira.

Há certas atitudes e comportamentos no mundo corporativo, que as pessoas observam, comentam, mas não lhe contam. Cometer erros de Português é uma delas e só um bom amigo irá lhe chamar à atenção. Certa vez, o diretor de uma grande empresa, para a qual eu trabalhava, começou o tradicional discurso de fim de ano, …

A formação do NOVO Líder-Gestor. Da base ao topo, os caminhos para o desenvolvimento e o sucesso.

A formação do líder-gestor, passos e comportamento. O impacto das novas tecnologias e o novo cenário global mudam sensivelmente a gestão dos negócios e a gestão de pessoas. Responsabilidade ESG (megatendência) assume papel principal. O novo líder tende a deixar de lado algumas características do “velho estilo de gestão” e deve se alinhar com novas …

Lar, doce office.

Ao final da crise as pessoas voltarão diferentes ao trabalho e o ambiente não será mais o mesmo. O ambiente corporativo levará de um a dois anos para se normalizar Haverá uma ressaca dissonante e temporária com o ambiente de trabalho O clima organizacional vai precisar ser mapeado novamente. O nível de insegurança das pessoas …

Gestão, tecnologia, atitude e carreira em “podcasts”

Acompanhe os podcasts do Portal. Na página "atitude e carreira", Aguinaldo Oliveira traz experiências e dicas fantásticas de intraempreendedorismo, atitude, carreira e motivação. Para acessar, clique: link  Na página "tecnologia e gestão", Orlando Merluzzi fala sobre o impacto das novas tecnologias na gestão, clima organizacional, carreira, tendências e comportamento. Para acessar, clique: link    

A demissão do CEO do McDonald’s e o que o fato ensina.

Surpreende o fato de uma empresa demitir um ótimo executivo, por ele ter mantido relacionamento com uma funcionária. Parece estranho, mas não é. Isso ocorre no mundo corporativo e algumas empresas possuem cláusulas bem claras em suas normas de conduta. A razão para isso vou expor adiante. O caso divulgado nessa semana Segundo a nota …

Oito lições que aprendi com grandes mestres corporativos. “Oráculo”

Se eu pudesse dar um conselho aos jovens talentos no mundo corporativo, diria: "escute sempre os anciãos, se eles não tiverem tempo, incomode-os" 1) Se você é o CEO, faça com que seus colaboradores pensem como um CEO. 2) Você não é presidente, você está presidente. 3) Você só será um bom líder quando conseguir …

Atitudes que se transformam em “armadilhas” para sua carreira no mundo corporativo

Oito frases irritantes e tóxicas nas empresas, que podem representar a beira do precipício. São as armadilhas atitudinais. Utilize-as com moderação, seu uso pode trazer consequências de reputação e imagem, principalmente em empresas com objetivos rigorosos de curto prazo, mentalidade competitiva, disruptiva e gestão competente. A saber: 1) “Deixa comigo”. Quase sempre que alguém diz …

Há vagas para empreendedores, falta emprego para profissionais.

O cenário mudou e não voltará a ser como antes. O emprego tradicional, como conhecíamos, praticamente acabou. O índice de desemprego, medido pelo CAGED, deve recuar nos próximos anos, mas os postos serão, majoritariamente, preenchidos por subempregos e subsalários, não necessariamente nessa ordem. Desempregados, diplomados e mal pagos Recente pesquisa coordenada pelo Portal do Pensamento …

%d blogueiros gostam disto: