Armadilhas Atitudinais Corporativas – “Deixa comigo, chefe!”

Sete frases tóxicas pronunciadas na empresa, que podem representar a beira do precipício. São as armadilhas atitudinais. É bom utilizá-las com moderação, seu uso pode trazer consequências:

  • “Deixa comigo”
  • “Já coloquei o assunto no meu radar”
  • “Isso é fácil de resolver”
  • “Sempre fizemos dessa forma”
  • “Quanto mais erramos, mais aprendemos”
  • “Já mandei um e-mail sobre isso”
  • “O cliente tem sempre razão”

O que o mundo corporativo tem em comum com o Curling?

Comportamentos, atitudes e estratégias de operações comerciais podem ser observadas neste vídeo. O mundo corporativo tem muito em comum com o Curling. Assista e diga se você identificou ambiente semelhante.

Você nunca mais verá o Curling da mesma forma, pois uma simples partida traz ótimas lições para suas equipes.  Não deixe de ver.

#RH #Treinamento

 

Manual de Conduta nas Empresas e Clima Organizacional

Clima Organizacional e manual de conduta: bullying, assédio moral, insatisfação no ambiente de trabalho, perda de confiança… Como tudo isso afeta o resultado das empresas. Confira a íntegra do programa Panorama da TV Cultura do dia 16/10/2018, com a participação do consultor Orlando Merluzzi e professora Marisabel Ribeiro.

Âncora do programa: Jornalista Andresa Boni.

OMBUDSMAN – A sua empresa possui?

O termo tem origem nos países nórdicos e significa “representante de alguém”. Para o mundo corporativo e principalmente nas empresas com Governança estruturada o Ombudsman é um cargo efetivo na organização. Dependendo da natureza da empresa, pública ou privada, capital aberto ou não, o cargo de Ombudsman torna-se obrigatório.

Ombudsman é diferente de SAC

Atender um cliente nervoso, agressivo, irritado, decepcionado ou a ponto de cometer uma loucura, exige do atendente bem mais que noções de inteligência emocional. Raríssimas são as vezes em que o cliente liga para o SAC com a finalidade de elogiar algo. O atendente deve deixar o cliente descarregar a ira, acalmá-lo e buscar uma solução para a questão por meio de uma agenda positiva, mas para isso, deverá contar com a atitude dos profissionais responsáveis por conduzir e solucionar o problema internamente, enquanto a gestão do SAC deveria fazer o follow-up.

Em algumas empresas e em alguns segmentos, se a área de desenvolvimento de produto e a gestão comercial escutassem, uma única vez por mês, os relatos dos atendentes do SAC, muitos recursos poderiam ser economizados em pesquisas de mercado e planos de vendas.

A autoridade do Ombudsman

Para exercer esse cargo é necessário que o profissional tenha maturidade e se possível, senioridade.

A função vai além do atendimento ao cliente ou ao fornecedor, internos e externos, uma vez que o Ombudsman deve ser um mediador de conflitos em última instância, quando os canais regulares de atendimento falharem.

Um ponto importante nesse cenário é que a distância entre a ineficiência dos canais regulares de atendimento e o início da atuação do Ombudsman deve ser curta.

O Ombudsman precisa ser respeitado. Esse profissional deve ter habilidade política e diplomática para transitar em todos os níveis da organização, sem ferir susceptibilidades, o que, cá entre nós, não é uma tarefa fácil. Muitas vezes pode ocorrer a indesejada “proteção do sistema”. Por isso, é fundamental a cultura da organização voltada para o cliente e o bom exemplo vindo de cima.

O processo torna-se bem mais fácil quando o Ombudsman é nomeado pelo CEO da empresa.

Ombudsman é ouvidor e deve ser acessível. No Brasil, algumas empresas de prestação de serviços essenciais possuem um ouvidor com poder de polícia, mas inacessível aos clientes ou aos parceiros comerciais. As duas situações estão erradas, tanto o poder de polícia como a falta de acessibilidade.

Em minha carreira fui Ombudsman em duas ocasiões, uma na década de 90 e a outra bem mais recente. Nas duas situações pude constatar que a existência do cargo, com um profissional que tenha autonomia, transparência e imparcialidade, gera naturalmente credibilidade ao processo e à própria Governança Corporativa. Em complemento, faz com que a atitude das pessoas dentro da empresa mude para melhor e todos ganham: empresa, parceiros comerciais, clientes e a imagem da marca.

E quanto à sua empresa? Ela possui um Ombudsman?   

Orlando Merluzzi – Agosto 2018

O Clima Organizacional e a Satisfação no Ambiente de Trabalho.

Participe da Pesquisa Edição 2018

Para participar, acesse aos links abaixo.

Esta é a 2ª edição da Pesquisa que abrange temas importantes e sensíveis, muitas vezes negligenciados ou abafados.  Assédio moral, bullying, amizade, traição, respeito, confiança, conquistas, reconhecimento, orgulho, falsidade, diferenças pessoais, preferências pessoais e tantos outros que afetam o emocional dos profissionais e o resultado da empresa.

Participe da 2ª edição da pesquisa SATISFAÇÃO NO AMBIENTE DE TRABALHO E O CLIMA ORGANIZACIONAL.

Os links estão abaixo e os resultados serão divulgados ao final do mês de agosto.

Pesquisa:  link

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSffVD8aeTfDUjuOOW3m8OhiPbub_YcfKFdZEmpHP3AgB3TOvw/viewform

https://goo.gl/forms/cTFMP0DF00FOst2v1

Curling, o novo queridinho do mundo corporativo

O Mundo Corporativo tem muita coisa em comum com o Curling. O ambiente desse esporte pode ser utilizado, na íntegra, em programas de desenvolvimento de recursos humanos, lideranças, estratégias, comportamento de equipe e muito mais.

Neste mês, um em cada quatro brasileiros acompanhou, de alguma forma, algum jogo ou evento das olimpíadas de inverno na Coréia do Sul. Difícil dizer em qual modalidade viciei-me mais e como a festa acabou nesta madrugada, já estou vivendo a síndrome de abstinência dos jogos sobre o gelo.

Vários elementos necessários para alcançar o sucesso no ambiente dos negócios estão presentes no Curling, uma atividade esportiva ainda desconhecida para os brasileiros.

Veja o vídeo e saiba mais sobre a relação entre o Ambiente Corporativo e o Curling. 

Aumente o som porque a trilha sonora é Megadeth.

Curta, comente, compartilhe e siga o #PensamentoCorporativo

Conheça a ferramenta de gestão e planejamento da MA8

Se a sua empresa não fizer um bom Planejamento Estratégico os seus concorrentes farão isso por você. Veja o vídeo e conheça a ferramenta de gestão e planejamento da MA8, o Canvas PLUS. Saiba como a MA8 utiliza o Canvas para a gestão do Clima Organizacional e para definir o modelo de negócios e as estratégias de ataque e defesa.