Gestão das Relações Humanas, por Follet e Chaplin

O Grande Ditador

Um alinhamento de Charles Chaplin e Mary Parker Gestão das Relações Humanas - Parte 1 Diz a lenda que, em 1933, Chaplin foi contratado por um sindicato nos Estados Unidos para fazer uma “crítica ao sistema”. Surgiu então o filme Manipulação de Massas que, por imposição de forças ocultas da época, teve seu nome alterado …

Grandes decisões corporativas são tomadas, também, nos bastidores

Grandes decisões corporativas são tomadas nos bastidores e nem sempre em reuniões ordinárias do “board”. Relacionamento no backstage vale tanto quanto uma ótima capacidade de se expressar no conselho ou nas reuniões de diretoria. Poucos conhecem o poder de um campo de Golfe nesse processo, coisa que alguns gurus da governança corporativa ainda têm dificuldade em …

A construção da “confiança” no ambiente corporativo

O processo de construção e solidificação da CONFIANÇA passa por vários níveis atitudinais, comportamentais, conceituais e um nível moral. No livro Potência Corporativa, transformando o clima organizacional e a adrenalina em resultados para a organização, publicado no início de 2017, construí esse cenário para a compreensão do Círculo da Potência Corporativa, que tem como "pano …

Armadilhas Atitudinais Corporativas – “Deixa comigo, chefe!”

Sete frases tóxicas pronunciadas na empresa, que podem representar a beira do precipício. São as armadilhas atitudinais. É bom utilizá-las com moderação, seu uso pode trazer consequências: “Deixa comigo” “Já coloquei o assunto no meu radar” “Isso é fácil de resolver” “Sempre fizemos dessa forma” “Quanto mais erramos, mais aprendemos” “Já mandei um e-mail sobre …

O que o mundo corporativo tem em comum com o Curling?

Comportamentos, atitudes e estratégias de operações comerciais podem ser observadas neste vídeo. O mundo corporativo tem muito em comum com o Curling. Assista e diga se você identificou ambiente semelhante. Você nunca mais verá o Curling da mesma forma, pois uma simples partida traz ótimas lições para suas equipes.  Não deixe de ver. #RH #Treinamento …

A mobilidade inteligente pode significar menos vendas futuras no setor automotivo. Um dilema.

Desenvolver a mobilidade inteligente, por enquanto, está só no campo das ideias, mas certamente o próximo nível passará por energia limpa, uso racional do espaço nas ruas, flexibilidade e conectividade. Veremos crescer os aplicativos de compartilhamento, prestação de serviços e modelos autossustentáveis de produção de energia. Se tudo isso vingar é possível que, daqui a …